Apresentação


Ao longo da última década, o cinema português - a sua história e estética - tem sido uma preocupação central dos cursos de licenciatura e mestrado em Cinema da UBI, contribuindo para uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro da prática cinematográfica entre nós.
As Jornadas de Cinema em Português, cuja primeira edição data de 2008, têm como enfoque a discussão de cinematografias de territórios onde o português é língua oficial ou dominante, procurando integrar estas obras como um exemplo das novas dinâmicas artísticas, culturais e sócio-económicas que têm marcado os anos mais recentes.
Para além da natural importância para os alunos e investigadores de Cinema da UBI, as Jornadas de Cinema em Português têm-se consolidado, nacional e internacionalmente, como um fórum privilegiado e reconhecido de debate sobre problemáticas actuais que reúnem investigadores de diversas áreas científicas.
Reafirmando o seu próprio histórico, a décima edição das Jornadas de Cinema em Português pretende trazer a debate problemáticas actuais e pertinentes para a reflexão sobre os cinemas dos diversos países que falam em português, procurando reunir esforços para ensaiar hipóteses de leitura conjunta e complementar.
Para a décima edição pretendemos destacar a cinematografia moçambicana procurando reunir cineastas, investigadores, críticos e programadores que pretendam discutir e reflectir sobre a produção e a cultura cinematográfica de Moçambique.

Eixos temáticos


  • Cinema moçambicano;
  • Cinema português;
  • Cinemas dos países de língua portuguesa;
  • Discursos e representações da "portugalidade" ou da "lusofonia";
  • Documentário, identidade e memória;
  • Produção audiovisual;
  • Políticas públicas;
  • Conceitos e teoria dos cineastas;
  • Cinema em Espanha.

Programa


Segunda-feira, 15 de maio


14h
Abertura
Presidente da Faculdade de Artes e Letras, Professor Paulo Serra (UBI, Portugal)

14h30
Jusciele Oliveira & Mirian Tavares (UAlg, Portugal) - “Que a luz negra ilumine o meu rosto!”: trajetória e estilo no cinema de Flora Gomes
Leandro Mendonça (UFF, Brasil) - Tensões nas periferias: algumas semelhanças e diferenças de África e Brasil
Helyenay Araújo (UERJ, Brasil) - Coproduções luso-brasileiras no Programa ibermedia: O caso da Ukbar filmes

16h
Márcia Motta (UFF, Brasil) - A (des)construção da Memória: Tetê Morais e o MST no documentário “O Sonho de Rose” (2001)
Monica Piccolo (UEMA, Brasil) - A Falácia de um Projeto Modernizador nas lentes de "Maranhão 66"
Maria Beatriz Colucci (UFS, Brasil) - Ensaio e etnografia no documentário contemporâneo: investigação de cinematografias de autorrepresentação
Gabriela Santos Alves (UFES, Brasil) - Cultura manicomial e imagem: política de saúde mental e o documentário brasileiro

Terça-feira, 16 de maio


10h
Helder Gonçalves (UBI, Portugal) - Propostas de Escuta no Cinema de Sandro Aguilar
Beatriz Cerbino (UFF, Brasil) - Cinema e Dança. As críticas de Jaques Corseuil
Eduardo Tulio Baggio (UNESPAR, Brasil) - Formulações teóricas realistas na obra de Joaquim Pedro de Andrade
Sérgio Soares (UBI, Portugal) - "Aquarius" e a luta pelo direito à saudade

14h
Tiago Ribeiro dos Santos (IFSC, Brasil) - "Que horas ela volta?" Feminismo, maternidade e trabalho doméstico no Brasil
Anderson de Souza Alves (UBI, Portugal) - O novo cinema queer a brasileira
Glaura Cardoso Vale (UFMG, Brasil) - A mise-en-film da fotografia no documentário brasileiro: dos álbuns de família aos arquivos da dor
Rafael Valles (PUC-RS, Brasil) - Os deslocamentos do "eu" no documentário brasileiro - uma análise sobre "Rua de mão dupla"

16h
Alexandra João Martins (Portugal) - Pedro Costa, por um cinema menor
José Guilherme Pinto dos Santos (UP, Portugal) - Ser tocado pela verdade sabendo que tudo é falso. A herança expressiva do cinema de João César Monteiro no cinema de Miguel Gomes
Ana M. Ferraria (UL, Portugal) - A ficção como a vida. Os filmes de Edgar Pêra
Ricardo Vieira Lisboa (ESTC, Portugal) - A recepção crítica de "Três Dias sem Deus" de Bárbara Virgínia
Ricardo J. Pinho (UL, Portugal) - Podem os extra-terrestres falar português? Ficção científica cinematográfica em língua portuguesa

Quarta-feira, 17 de maio


10h
Jorge Luiz Cruz (UERJ, Brasil) - Thomaz Vieira e a chegada do cinema em Moçambique
Lívia Apa (Università degli Studi di Napoli “L’Orientale”, Itália) - O cinema “moçambicano” de Rodrigo Gonçalves
Ana Cristina Pereira (CECS-UM, Portugal) - Licinio Azevedo e o cinema enquanto artífice de memória

14h
Salvatore Aromando (Università degli Studi di Napoli “L’Orientale”, Itália) - Passagem de imagens, imagens de passagem em "Mueda, memória e massacre" de Ruy Guerra: contos anti-coloniais de uma imagem reconstruída
Alex Santana França (UFBA, Brasil) - Imagens, relatos e discursos do pós-guerra civil (1977-1992) em Moçambique: Análise do filme "A guerra da água" (1996), de Licínio Azevedo
Catarina Simão (Portugal) - Cinema, fotografia e vídeo no arquivo de Moçambique. A reapropriação como alternativa à preservação das imagens em perigo de desaparecimento

16h
Mesa-redonda “Cinema Moçambicano, Hoje”
(convidados a confirmar)

Calendarização


  • 10 de fevereiro 2017: data limite de apresentação dos resumos das propostas (abstracts).
  • 10 de março 2017: notificação de comunicações aceites.
  • 20 de março 2017: divulgação do programa das X Jornadas.
  • 14 de maio 2017: entrega dos textos para publicação nas Actas.
  • 15, 16 e 17 de maio 2017: X Jornadas.

Comissões


Comissão Científica
  • Afrânio Mendes Catani
    (Universidade de São Paulo, Brasil)
  • Daniel Ribas
    (Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
  • Fátima Bueno
    (Universidade de São Paulo, Brasil)
  • Federico Pierotti
    (Università degli Studi di Firenze, Itália)
  • Frederico Lopes
    (Universidade da Beira Interior, Portugal)
  • Glòria Salvadó-Corretger
    (Universitat Pompeu Fabra, Espanha)
  • Hilary Owen
    (University of Manchester, Reino Unido)
  • Iván Villarmea Álvarez
    (Universidade de Santiago de Compostela, Espanha)
  • Lúcia Ramos Monteiro
    (Universidade de São Paulo, Brasil)
  • Manuela Penafria
    (Universidade da Beira Interior, Portugal)
  • Maria do Carmo Piçarra
    (Universidade de Lisboa, Portugal)
  • Maria-Benedita Basto
    (Université Sorbonne Nouvelle, França)
  • Michelle Sales
    (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil)
  • Paulo Cunha
    (Universidade da Beira Interior, Portugal)
  • Raquel Schefer
    (Université Grenoble Alpes, França)
  • Robert Stock
    (Universität Konstanz, Alemanha)
  • Sérgio Dias Branco
    (Universidade de Coimbra)
Comissão Organizadora
  • Frederico Lopes
  • Paulo Cunha
  • Manuela Penafria


  • DESIGN
  • Patrícia Tavares
  • Cristina Lopes

  • WEB DEVELOPER / APOIO INFORMÁTICO
  • Susana Costa

  • APOIO ADMINISTRATIVO
  • Mércia Pires

  • APOIO LOGÍSTICO
  • LabCom.IFP - Comunicação, Filosofia e Humanidades

Contactos

Email
pmfcunha@ubi.pt (Paulo Cunha)

Localização

Universidade da Beira Interior
Faculdade de Artes e Letras
Departamento de Comunicação e Artes
Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã, Portugal

Telefone
(+351) 275 242 023 / ext. 1201